O que é cooperativismo? Tudo o que você precisa saber! - Mais que uma escolha (2023)

Tempo de leitura:12min 33seg

O que é cooperativismo?

Cooperativismo significa a colaboração entre pessoas com um interesse em comum. A ideia surgiu após a Revolução Industrial, quando a população começou a ficar insatisfeita com as altas taxas de desemprego e os baixos salários.

O cenário motivou os trabalhadores a se unirem em busca de melhores condições para o exercício das suas atividades, que incluíam desde a redução nos custos de produção até a aquisição de novos equipamentos.

No entanto, foi apenas em 1844 que o termo cooperativa surgiu. A primeira cooperativa foi criada na cidade de Rochdale-Manchester, no interior da Inglaterra.

Um grupo composto por 27 homens e uma mulher se uniu para montar seu próprio armazém, já que, separadamente, essas pessoas não tinham condições de comprar a quantidade básica de alimentos para sobreviver.

A proposta era simples: comprar alimentos em grande quantidade para conseguir preços menores. Todos os itens seriam divididos igualitariamente entre o grupo. E assim nasceu a Sociedade dos Probos de Rochdale, que em 4 anos multiplicou seu capital social de 28 para 152 mil libras.

(Video) Cooperativismo: Tudo o que você precisa saber - Episódio 1

O termo cooperativismo, contudo, só foi criado oficialmente em 1948, em um congresso do segmento realizado em Praga. Na época, sua definição era: “Será considerada como cooperativa, seja qual for a constituição legal, toda a associação de pessoas que tenha por fim a melhoria econômica e social de seus membros pela exploração de uma empresa baseada na ajuda mínima e que observa os Princípios de Rochdale”.

Desde então, já são mais de 3 milhões de cooperativas no mundo. Existe até o Dia Internacional do Cooperativismo, comemorado no primeiro sábado de julho e com objetivo de divulgar esse modelo organizacional.

História do cooperativismo no Brasil

A primeira cooperativa do Brasil surgiu em 1889, em Minas Gerais. Conhecida como Cooperativa Econômica dos Funcionários Públicos de Ouro Preto, a organização era voltada para o consumo de produção agrícola.

a cooperativa mais antiga e em atividade do país é do ramo financeiro. Foi criada em 1902 pelo padre suíço Theodor Amstad e fica localizada em Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul.

Apesar de vermos centenas de exemplos de cooperativas no país, a representatividade do setor é recente. Foi apenas em 1969 que o segmento ganhou mais força e relevância com a criação da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). A OCB assume até hoje o papel de defender e promover esse modelo de negócio.

Qual o objetivo do cooperativismo?

O principal objetivo do cooperativismo é equilibrar a justiça social com a prosperidade econômica e a sustentabilidade com os resultados financeiros, respeitando os interesses coletivos e as aspirações individuais.

Certamente, é um desafio no cenário econômico que vivemos. Mas essa sempre foi a premissa da organização e isso se reflete nos seus princípios.

Assista: Tudo o que você precisa saber sobre cooperativismo financeiro

Os 7 princípios do cooperativismo

Os princípios de uma cooperativa são reforçados desde 1884, quando a primeira organização foi criada. São eles:

1. Adesão voluntária e livre

(Video) PASSO A PASSO BASICÃO PRA ESCOLHER A COOPERATIVA PERFEITA! Você precisa saber disso.

Qualquer pessoa interessada pode participar de uma cooperativa. A única exigência é que a pessoa concorde com o objetivo econômico da instituição e esteja disposta a assumir as suas responsabilidades.

2. Gestão democrática

A democracia é o que move uma cooperativa. Todas as decisões são baseadas em princípios democráticos. Isso inclui a realização de eleições para escolher seus representantes oficiais, reuniões para a formulação de políticas e tomadas de decisões. A máxima “um homem, um voto” é a força motriz do modelo de negócio.

3. Participação econômica

No cooperativismo, o rateio das sobras, ou resultados que a cooperativa apresentou naquele ano, são definidos pelos cooperados durante a assembleia. Todos votam para definir o futuro do valor, seja em investimento na própria cooperativa, custeio de atividades ou na divisão dos resultados entre os cooperados.

4. Autonomia e independência

Uma cooperativa cresce porque há um trabalho conjunto dos membros. Esse trabalho pode ser expandido em formas de parcerias e acordos com organizações públicas e privadas. Contudo, a tomada de decisão continua sendo da cooperativa.

5. Educação, formação e informação

O desenvolvimento das comunidades onde as cooperativas estão inseridas acontece por meio da educação. É comum os cooperados receberem palestras, treinamentos e terem acesso a cursos técnicos, se tornando mais qualificados para atuarem no mercado.

6. Intercooperação

(Video) Cooperativismo: Tudo o que você precisa saber - Episódio 2

A intercooperação acontece não só entre cooperados, mas também entre cooperativas locais, regionais, nacionais e internacionais. Através da prática da solidariedade, as cooperativas trabalham juntas fortalecendo o movimento e ressaltando os diferenciais de uma instituição cooperativista.

7. Interesse pela comunidade

O pensamento de uma cooperativa pode ser global, mas sua ação sempre começa em um local específico e visa causar impactos positivos na comunidade ao seu redor. Por isso, todas as políticas aprovadas pelos membros devem considerar primeiro a realidade na qual a cooperativa está inserida, promovendo o seu desenvolvimento socioeconômico.

Como funciona o cooperativismo?

O cooperativismo acontece na prestação de serviços, valores e ideias que geram benefícios para os seus membros e suas comunidades.

Além dos princípios que explicamos anteriormente, existe uma série de regras para o funcionamento de uma cooperativa. Elas estão reunidas na Lei n.º 5.764/71, que define a Política Nacional de Cooperativismo.

É essa legislação que define os 7 ramos do cooperativismo:

  • Agropecuário: relacionadas às atividades agropecuária, extrativista, agroindustrial, aquícola ou pesqueira.
  • Financeiras: voltadas para a oferta de soluções financeiras.
  • Trabalho, bens e serviços: focadas em serviços especializados a terceiros ou que produzem bens.
  • Transporte: tem como objetivo a prestação de serviços de transporte de cargas e passageiros.
  • Saúde: organizações que visam a preservação e a promoção da saúde humana.
  • Consumo: cooperativas que realizam compras em comum, tanto de produtos quanto de serviços, como supermercados e farmácias.
  • Infraestrutura: organizações que fornecem serviços essenciais como energia, telefonia e construção de habitações.

Veja também: Tudo o que você precisa saber sobre ser um cooperado

Quais as vantagens de uma cooperativa?

O cooperativismo tem como característica principal contemplar os interesses coletivos de um grupo de pessoas, contribuindo para o desenvolvimento sustentável, social e econômico tanto dos seus membros, quanto da comunidade na qual a organização está inserida.

Esse modelo de negócio traz muitos benefícios para quem decide se tornar um associado. Um exemplo é o acesso ao crédito e a bens de consumo com taxas e preços menores.

Imagine que você queira começar a investir o seu dinheiro. Ao procurar uma cooperativa financeira, por exemplo, pode encontrar taxas com rentabilidade melhores, já que o sistema de cooperativismo tem isenção tributária. Você ainda tem a segurança de fazer um investimento com riscos mais baixos.

(Video) Tudo o que você precisa saber sobre bancos e cooperativas 💚

Outra vantagem é que todo mundo que faz parte de uma cooperativa é dono da instituição. Ou seja, todos têm voz ativa nas tomadas de decisão e as responsabilidades também são divididas.

Além disso, os donos, ou cooperados, também têm direito a participar da divisão de resultados anuais de sua cooperativa. O tamanho dessa parte é definido pelo estatuto.

Essa divisão é proporcional à movimentação financeira de cada um, ou seja, quanto mais a pessoa usa os produtos e serviços da cooperativa, contribuindo para o crescimento da instituição, maior é o valor que ela recebe.

Por fim, é mais que uma escolha financeira se associar a uma cooperativa que vai além do foco material, mas também é acreditar no desenvolvimento da comunidade e no impacto social que o cooperativismo pode ter no mundo todo.

Como se tornar cooperado do Sicoob?

Para se tornar cooperado do Sicoob, é preciso ir até uma cooperativa da rede ou acessar o App Sicoob para criar uma conta.

Caso queira se associar a uma cooperativa específica e ela não aparecer na busca do App, pode ser porque ainda não aderiu à associação digital. Exatamente por sua autonomia, a cooperativa pode escolher aderir ou não e, caso não encontre a sua no App, você pode abrir a sua conta presencialmente.

Ao se associar, o cooperado firma um compromisso com os outros e com a cooperativa por meio do pagamento da integralização, um valor que fica aplicado em uma conta pessoal, chamada Conta Capital. Esse valor é o que permite que os cooperados participem dos resultados da cooperativa de forma proporcional às suas movimentações. Na maioria das cooperativas, o valor rende durante toda a permanência naquela cooperativa e pode ser retirado se a conta for encerrada. As condições de prazos estão determinadas no Estatuto Social da cooperativa em questão.

A integralização desta cota fortalece a instituição, já que compõe o seu Capital Social, e também tem como função representar a parte da cooperativa que pertence ao novo dono.

o que é cooperativismocooperativismo7 princípios do cooperativismo

(Video) Tudo que você precisa saber sobre ser um cooperado

FAQs

O que que significa cooperativismo? ›

Cooperativismo significa a colaboração entre pessoas com um interesse em comum. A ideia surgiu após a Revolução Industrial, quando a população começou a ficar insatisfeita com as altas taxas de desemprego e os baixos salários.

O que é cooperativismo e qual a sua importância? ›

O cooperativismo é um movimento que nasceu como um instrumento de desenvolvimento socioeconômico. É uma forma de aliviar efeitos das crises e de contribuir para a redução da desigualdade. E nos últimos anos, com o crescimento contínuo de crises econômicas e sociais, foi constatado um aumento de cooperativas.

Como descrever o cooperativismo? ›

É um movimento econômico e social, entre pessoas, em que a cooperação se baseia na participação dos associados, nas atividades econômicas com vistas a atingir o bem comum e promover uma reforma social dentro do capitalismo.

O que é o cooperativismo exemplos? ›

O cooperativismo é um sistema formado por pessoas que possuem o mesmo objetivo. Em uma cooperativa de trabalho, por exemplo, os sócios cooperados se unem para prestar seus serviços a sociedade, sem visar lucro, mas sim benefícios para todos. No cooperativismo, a gestão é feita de forma democrática.

Quais os 5 valores do cooperativismo? ›

As cooperativas baseiam-se em valores de ajuda mútua, responsabilidade, democracia, igualdade, equidade e solidariedade.

Quais são os três objetivos do cooperativismo? ›

Então, uma cooperativa serve para unir desenvolvimento econômico e desenvolvimento social, produtividade e sustentabilidade.

Qual o objetivo cooperativismo? ›

No Brasil, o cooperativismo está presente em diversos ramos, como agropecuário, consumo, crédito, infraestrutura, saúde, dentre outros. O principal objetivo é promover, ao mesmo tempo, o desenvolvimento econômico e social e o individual e coletivo, sempre de maneira sustentável e equilibrada.

Qual as vantagens do cooperativismo? ›

As principais vantagens do cooperativismo
  • Constante desenvolvimento. ...
  • Ser proprietário do negócio. ...
  • Formação mais facilitada. ...
  • Taxas reduzidas para o trabalhador cooperado. ...
  • Um ajudando ao outro. ...
  • Preocupação da cooperativa com a comunidade.
2 Jun 2022

Quais são os 7 valores do cooperativismo? ›

Os 7 princípios do Cooperativismo
  1. Adesão livre e voluntária. ...
  2. Gestão democrática. ...
  3. Participação econômica. ...
  4. Autonomia e independência. ...
  5. Educação, formação e informação. ...
  6. Intercooperação. ...
  7. Interesse pela comunidade.

Onde se aplica o cooperativismo? ›

Uma cooperativa pode ajudar produtores rurais a adquirirem equipamentos agrícolas, por exemplo, ou oferecer empréstimos a juros baixos. Também pode promover cursos de capacitação para qualificar os trabalhadores. Quem define os rumos do negócio são os próprios cooperativados. Todos têm poder de voto em assembleias.

Qual a importância dos princípios do cooperativismo? ›

A finalidade dos 7 princípios do cooperativismo é que sejam linhas orientadoras de ação. Ou seja, que permitam às cooperativas colocar em prática seus valores. Estes são pautadas por ideia de democracia, liberdade, equidade, solidariedade e justiça social.

Quais os principais desafios do cooperativismo? ›

Entre os principais desafios no cooperativismo estão: a falta da educação cooperativa, falta de cooperação entre as cooperativas, modelo de gestão não compatível com sua finalidade e recursos, modelos de gestão excessivamente centralizados, informações insuficientes sobre seu ambiente, o que dificulta o planejamento ...

Como funciona o cooperativismo na prática? ›

Uma sociedade cooperativa é uma livre associação entre trabalhadores da mesma atividade econômica. O grupo se forma para prestar serviços de qualidade aos membros e para obter vantagens competitivas no mercado. Para ilustrar, digamos que você precise adquirir equipamentos antes de abrir uma loja.

Quem criou o cooperativismo? ›

Robert Owen (1772-1858) - Nasceu na Inglaterra e é considerado o pai do cooperativismo.

Onde surgiu o cooperativismo? ›

Tudo começou em 1844, na cidade de Rochdale-Manchester, no interior da Inglaterra. Sem conseguir comprar o básico para sobreviver nos mercadinhos da região, um grupo de 28 trabalhadores (27 homens e uma mulher) se uniram para montar seu próprio armazém.

O que é o cooperativismo no Brasil? ›

Números do cooperativismo no Brasil

Hoje, somam-se mais de 4.800 cooperativas com registro ativo. De acordo com os dados do Anuário do Cooperativismo Brasileiro de 2021, essas instituições já contam com mais de 17 milhões de cooperados e contribuem para a geração de mais de 450 mil empregos diretos em todo o país.

Qual a importância do cooperativismo para a sociedade? ›

Enquanto as cooperativas prestam serviços, elas contribuem para o desenvolvimento da sociedade, proporcionando inserção dos seus membros no mercado nacional e internacional, geração de empregos e a distribuição de renda na região onde está inserida.

Quais as vantagens e desvantagens de uma cooperativa? ›

Abaixo listamos algumas vantagens da sociedade cooperativa: Fácil constituição: A formação de uma organização cooperativa é simples se comparada à de qualquer outra organização empresarial. Não limita quantidade de pessoas, o processo de registro é simples e também não restringe a entrada e saída de membros.

Como você pode cooperar com as pessoas em seu dia a dia? ›

Atitudes cooperativas no dia a dia
  • 1 - Deixar de lado os preconceitos. ...
  • 2 - Ser voluntário. ...
  • 3 - Considerar a Economia Compartilhada. ...
  • 4 - Ensinar o que você sabe. ...
  • 5 - Consumir marcas e produtos locais. ...
  • 6 - Doar, emprestar e reciclar.
6 Mar 2019

O que é necessário para criar uma cooperativa? ›

Documentação para a constituição de uma cooperativa
  1. Quatro vias da Ata de Assembleia Geral de Constituição e do Estatuto. ...
  2. Cópia da Carteira de Identidade (RG) e do Cadastro de Pessoa Física (CPF) do presidente.
  3. Relação nominativa dos presentes.
  4. Cópia do comprovante de residência do presidente.

Quais são as regras de uma cooperativa? ›

A sociedade cooperativa apresenta os seguintes traços característicos:
  1. 1) É uma sociedade de pessoas.
  2. 2) O objetivo principal é a prestação de serviços.
  3. 3) Pode ter um número ilimitado de cooperados.
  4. 4) O controle é democrático: uma pessoa = um voto.
  5. 5) Nas assembleias, o “quorum” é baseado no número de cooperados.

Quais são as leis do cooperativismo? ›

  • Cooperativismo na Constituição Federal. ...
  • Lei 5.764/1971 – Lei Geral das Cooperativas. ...
  • Lei Complementar 130/2009 – Sistema Nacional de Crédito Cooperativo. ...
  • Lei 12.690/2012 – Cooperativas de Trabalho. ...
  • Lei 9.867/1999 – Cooperativas Sociais. ...
  • Decreto 8.163/2013 – Pronacoop Social. ...
  • Cooperativismo no Código Civil.

Qual é a maior cooperativa do Brasil? ›

1º | Copersucar

A maior organização cooperativa do Brasil é formada por 34 usinas pertencentes a 20 grupos econômicos e espalhadas pelos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Goiás.

Quais são as 4 referências fundamentais do cooperativismo? ›

Seus referenciais fundamentais são: participação democrática, solidarie- dade, independência e autonomia.

Como fortalecer o cooperativismo? ›

Para ser acessível ao fortalecimento do cooperativismo é necessário ir além de interesses pessoais, pois exige acões com foco na união, no compromisso de contribuir positivamente com sugestões de melhoria e participar dos sete princípios universais que fundamentam o cooperativismo.

Qual é a função de uma cooperativa? ›

Cooperativa é uma associação de pessoas com interesses comuns, economicamente organizada de forma democrática, isto é, contando com a participação livre de todos e respeitando direitos e deveres de cada um de seus cooperados, aos quais presta serviços, sem fins lucrativos.

Quais são os princípios do cooperativismo? ›

Os 7 princípios do Cooperativismo
  1. Adesão livre e voluntária. ...
  2. Gestão democrática. ...
  3. Participação econômica. ...
  4. Autonomia e independência. ...
  5. Educação, formação e informação. ...
  6. Intercooperação. ...
  7. Interesse pela comunidade.

Quais os benefícios da cooperativa? ›

As principais vantagens do cooperativismo
  • Constante desenvolvimento. ...
  • Ser proprietário do negócio. ...
  • Formação mais facilitada. ...
  • Taxas reduzidas para o trabalhador cooperado. ...
  • Um ajudando ao outro. ...
  • Preocupação da cooperativa com a comunidade.
2 Jun 2022

Quais são os benefícios da cooperativa? ›

Listamos quais são as principais vantagens de ser um cooperado:
  • Aumento da produtividade.
  • Crédito rural e financiamentos especiais para atender às necessidades do cooperado.
  • Diminuição dos custos de produção.
  • Melhoria na renda do cooperado.
  • Produtos de qualidade com preços justos.
  • Entrega de produtos com segurança.
31 Aug 2020

Quais os desafios do cooperativismo? ›

Entre os principais desafios no cooperativismo estão: a falta da educação cooperativa, falta de cooperação entre as cooperativas, modelo de gestão não compatível com sua finalidade e recursos, modelos de gestão excessivamente centralizados, informações insuficientes sobre seu ambiente, o que dificulta o planejamento ...

Qual é a essência do cooperativismo? ›

Ser cooperativista é se comprometer com o futuro dos cooperados e das comunidades. As cooperativas promovem a educação e a formação para que seus membros e trabalhadores possam contribuir para o desenvolvimento dos negócios e, consequentemente, da região onde estão presentes.

Videos

1. O que é cooperativa de crédito e como escolher uma?| Laado Mais Seguro
(LAADO Mais Seguro)
2. Mais que uma escolha financeira | Sicoob Ouro Verde
(Sicoob Ouro Verde)
3. Tudo que você precisa saber sobre o Sicredi - Instituição financeira cooperativa
(RODRIGO CESAR (CLARETIANA FM))
4. ENADE - AULA 5 - Questão de Múltipla Escolha Asserção Razão e Resposta Múltipla
(univicosa)
5. Entenda como funciona uma cooperativa
(TV UniCesumar)
6. Diferença entre Cooperativa e Associação
(Felipe Otoni FOT)
Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Maia Crooks Jr

Last Updated: 01/26/2023

Views: 5976

Rating: 4.2 / 5 (43 voted)

Reviews: 90% of readers found this page helpful

Author information

Name: Maia Crooks Jr

Birthday: 1997-09-21

Address: 93119 Joseph Street, Peggyfurt, NC 11582

Phone: +2983088926881

Job: Principal Design Liaison

Hobby: Web surfing, Skiing, role-playing games, Sketching, Polo, Sewing, Genealogy

Introduction: My name is Maia Crooks Jr, I am a homely, joyous, shiny, successful, hilarious, thoughtful, joyous person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.